noticias


19/12/2014 -
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Brasil segue como 5º maior mercado mundial de veículos
 
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

O Brasil se consolida como quinto maior mercado mundial de veículos em 2014. Com 2,69 milhões de carros vendidos até outubro, o País perde uma posição para a Alemanha na comparação com 2013, que subiu para a quarta colocação, com crescimento de 3,4% nas vendas para 2,74 milhões de unidades. No mesmo período o mercado brasileiro encolheu 8,7%. Os dados foram divulgados pela consultoria Jato Dynamics. 

A primeira posição no ranking global continua com a China, líder com larga margem e 16,9 milhões de veículos leves emplacados nos primeiros 10 meses deste ano. O maior mercado do mundo cresceu 9,1% em 2014. Apesar de expressiva, a evolução aconteceu em menor ritmo em relação à verificada nos últimos anos, em que as vendas avançavam em taxas de dois dígitos. 

O segundo mercado mundial é os Estados Unidos, que teve demanda por 13,7 milhões de unidades este ano, nível que supera em 5,5% a marca de janeiro a outubro de 2013. 

MONTADORAS

Entre as marcas, a que mais vendeu foi a Toyota, com 5,42 milhões de carros negociados globalmente em 2014, alta de 1,6% na comparação com igual intervalo de 2013. Por 400 mil veículos de diferença a Volkswagen ocupa a segunda posição. A companhia alemã elevou os volumes em 1% em relação ao ano passado. 

Os emplacamentos da Ford, que ficou em terceiro lugar, avançaram 1,3%, para 4,52 milhões de carros. A Chevrolet, quarta colocada, reduziu seus negócios em 7,3%, para 3,44 milhões de veículos. A quinta posição entre as marcas que mais venderam em 2014 ficou com a Nissan, que aumentou seus volumes em 2,8% e somou 3,40 milhões de emplacamentos. 

Fonte: Automotive Business



Comentários


Nenhum comentário no momento!



Cadastre o seu comentário
 
Titulo:
Nome:
Email:
 
Comentário

(0 / 1000)
Receber comentários por email:
 
 



Voltar

 


RH AUTOMOTIVE
contato@rhautomotive.com.br (11) 9-9208-9621 (WhatsApp) | (11) 3777-3906
RH AUTOMOTIVE - todos os direitos reservados | Desenvolvimento